Pular para o conteúdo
Início » 10 Invenções Escocesas que mudaram definitivamente o mundo

10 Invenções Escocesas que mudaram definitivamente o mundo

10 Invenções Escocesas que mudaram definitivamente o mundo

Com uma população de apenas 5,47 milhões de pessoas, a Escócia é um país pequeno, mas seu impacto no cenário global foi imenso. Dessa maneira, vamos nos surpreender com quantas invenções vieram de mentes escocesas.

Inventores escoceses como Alexander Graham Bell, que inventou o telefone, e Alexander Fleming, que descobriu a penicilina são nomes que mudaram história mundial.

Mas, além desses grandes nomes, a Escócia foi o lar de inventores que vai muito além da criação de haggis e gaitas de foles.

Dessa maneira, reunimos 10 grandes invenções escocesas que mudaram o mundo.

Invenções Escocesas – A Torradeira

Invenções Escocesas - A Torradeira
Invenções Escocesas – A Torradeira

O escocês Alan MacMasters, criador da torradeira, nomeou-a de Torradeira Eclipse. A torradeira original torrava apenas um lado do pão, e as pessoas tinham que virar para torrar o outro lado.

Um problema era desenvolver um elemento de aquecimento que pudesse suportar as altas temperaturas da torradeira, inúmeras vezes e não explodissem em chamas.

Logo após, em 1913, as torradeiras assavam os dois lados do pão e, em 1921 em Minnesota a torradeira pop-up foi inventada por Charles Strite.  

Seringas Hipodérmicas

Seringas Hipodérmicas
Seringas Hipodérmicas

Essa invenção é uma das tecnologias médicas mais importantes já desenvolvidas. Inicialmente, as seringas possuíam grandes agulhas e eram presas a tubos.

Assim, o médico escocês Alexander Wood em 1853 e curiosamente um cirurgião francês chamado Charles Gabriel Pravaz criaram uma seringa semelhante no mesmo ano.

Os dois inventores criaram uma agulha fina que encaixava em uma seringa, mas havia uma diferença em ambas. A seringa de Pravaz era feita de prata e havia um mecanismo de parafuso para injetar a medicação.

Contudo, a seringa criada por Alexander Wood era mais parecida com as seringas que utilizamos hoje. Feita de vidro, dava para ver e medir o conteúdo e tinha um êmbolo para injetar o remédio.

Apesar do grande avanço médico, foi preciso anos de analise e entendimento do perigo na infecção por agulhas e adotaram o processo de esterilização.

A bicicleta e o Pneu

A bicicleta e o Pneu
A bicicleta e o Pneu

O alemão Barão Karl Von Drais criou a primeira bicicleta e a chamava de “Dândi Cavalo”. Essa incrível invenção, não tinha pedais, assim, para poder andar, o condutor tinha que empurrar os pés no chão para mover para frente.

No entanto, a bicicleta modera com pedais foi criada pelo inventor escocês Kirkpatrick Macmillan. Kirkpatrick ficou tão impressionado com o Dândi Cavalo que queria um meio de propulsão melhor, então ele projetou e anexou pedais à invenção.

O primeiro pneu foi patenteado em 1845, pelo inventor escocês Robert William Thomson, mas o projeto nunca saiu do papel. Portanto em 1888, John Boyd Dunlop, também escocês percebeu que o pneu poderia tornar os passeios de bicicletas mais confortáveis e seguros.

Assim, juntou o útil ao agradável e hoje temos bicicletas de todas as formas e modelos.

Invenções Escocesas – Caixas Eletrônicos

Invenções Escocesas - Caixas Eletrônicos
Invenções Escocesas – Caixas Eletrônicos

A criação do caixa eletrônico ocorreu durante várias tentativas de modelos e na década de 1960, o inventor escocês é James Goodfellow deu vida ao modelo que utilizamos até hoje.

À época, Goodfellow estudou uma variedade de soluções que garantisse que apenas um cliente verificado pudesse acessar o dinheiro de uma máquina, incluindo impressões digitais, reconhecimento de voz e padrões de retina.

Portanto, as sugestões foram descartadas, por conta da praticidade técnica e o elevado custo.

Dessa maneira, Goodfellow projetou um sistema com um cartão criptografado legível por uma máquina com um número de identificação pessoal. Assim, a invenção foi patenteada em 1966 e instalada em toda Escócia.

A invenção fez tanto sucesso que agora é onipresente em todo o mundo.

Invenções Escocesas – Impressão digital forense

Invenções Escocesas - Impressão digital forense
Invenções Escocesas – Impressão digital forense

A vida criminosa se tornou mais difícil, logo após o escocês Henry Faulds notar durante uma escavação arqueologia no Japão, impressões digitais em antigos fragmentos de argila.

Assim, se convenceu de que existia um padrão de saliências nas pontas dos dedos de cada pessoa e que esse padrão era único, portanto, poderia ajudar a polícia a identificar criminosos.

Dessa maneira, para embasar seus estudos, Faulds teve uma certeza em primeira mão, sobre a utilidade da impressão digital, quando ajudou a polícia de Tóquio a identificar um ladrão.

Logo após, publicou sua pesquisa sobre as possibilidades forenses de impressões digitais, na revista Nature em 1880 e tentou apresentar sua teoria para Charles Darwin. No entanto, Darwin não se interessou e passou o estudo para Francis Galton.

Galton publicou trabalhos sobre os estudos e lançou um artigo em 1888, sem dar os créditos a Faulds como o ponto de partida de suas pesquisas. Com toda a repercussão, Faulds nunca recebeu o reconhecimento que merecia.

O Refrigerador

O Refrigerador
O Refrigerador

Em 1755 o professor e médico escocês William Cullen criou a primeira geladeira artificial. Cullen usou uma bomba para criar um vácuo sobre um recipiente de éter dietílico e então, esqueceu o éter absorvendo o calor do ar circulante e resfriou o recipiente.

O experimento de Cullen foi puramente científico, porém ele não buscou a aplicação prática de sua criação. Mas foi sua pesquisa que deu o ponto de partida para a comercialização da refrigeração artificial.

Invenções Escocesas – Fotografia colorida

Invenções Escocesas - Fotografia colorida
Invenções Escocesas – Fotografia colorida

Em 1861, o matemático James Clerk Maxwell criou a base para todos os processos práticos de cor, o método das cores.

Quando Maxwell percebeu que todas as cores poderiam ser criadas com apenas três cores, o vermelho, o azul e o verde, criou a primeira fotografia colorida.

Dessa maneira, primeira fotografia colorida era de uma fita xadrez para uma das palestras de Maxwell sobre a teoria das cores.

James C. Maxwell é conhecido por avanços no campo da física. Suas pesquisas a respeito do eletromagnetismo foi vital para a criação de tecnologias como telefone, rádio, televisão, micro-ondas e raios-x.

Até Albert Einstein usou suas fontes de estudos para desenvolver a Teoria da Relatividade.

O motor a vapor                                          

O motor a vapor
O motor a vapor

Criada em 1712 a máquina a vapor pelo inglês Thomas Newcomen, foi a primeira que queimava combustível. Logo após, o escocês James Watt aprimorou a máquina.

Figura essencial para a Revolução Industrial, Walt projetou em 1765 um motor com um condensador separado que melhorava a eficiência.

A invenção de Watt é tão popular que sua contribuição para o mundo foi considerada significativa e a unidade de potencia “watt” recebeu seu nome.

Maravilha Anestésica Moderna – Propofol

Maravilha Anestésica Moderna – Propofol
Maravilha Anestésica Moderna – Propofol

Em 1972 o biólogo e pesquisador John B. Glen investigava um substituto para o anestésico tiopental, essa droga era potente para anestesiar por completo os pacientes, mas quando recobravam a consciência, os deixavam enjoados e tontos.

Já em 1973, Glen percebeu que o propofol, substância já sintetizada continha ação rápida, e também saia do sistema nervoso rapidamente.

Em suas análises, Glen explica que durante os testes os camundongos recuperavam o equilíbrio em 3 minutos depois de acordar com o uso do medicamento propofol.

Desse modo, demorou 13 anos de estudo para o propofol funcionar corretamente no corpo humano como um anestésico eficaz.

Portanto, embora Glen não seja exatamente o criador da droga, seu trabalho basicamente salvou vidas em torno do mundo inteiro.

O Vaso Sanitário

O Vaso Sanitário
O Vaso Sanitário

Os escoceses reivindicam não apenas o primeiro banheiro interno, como também a invenção do mecanismo de descarga que é a base para o saneamento moderno.

Os primeiros banheiros internos são encontrados nas ilhas Orkney na Escócia, no sítio neolítico de Skara Brae.

As cabanas de pedras desta vila de 3.000 a.c apresentavam um sistema de esgoto muito básico, onde o lixo era despejado em um ralo com potes de água.

Assim, em 1775 Alexander Cumming desenvolveu e patenteou a “curva em s”, sistema esse que bloqueava os maus cheiros dos esgotos de conexão.

Ele também ligou a válvula de água ao mecanismo de descarga, que permitia aos usuários esvaziar os vasos e enche-los com água fresca puxando a alça.

Gostou, então veja mais!

10 jogos de videogames clássicos que estão de volta

Como apagar o histórico de localização do Google Maps?

O que é Plano Nacional de Internet das Coisas?

10 fatos que comprovam que a tecnologia destruiu a privacidade de todos

Proteja seus aplicativos financeiros de fraudes seguindo apenas estas dicas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido!